Agapan Avalia – Agroecologia: a herança dos povos tradicionais

JOSÉ MARIA TARDIN é integrante do Conselho Gestor e educador na Escola Latino Americana de Agroecologia – ELAA localizada no assentamento Contestado, Lapa-PR, criada pela Via Campesina Brasil em 2005. Atua na formação em agroecologia nas escolas técnicas do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra no Paraná – MST, em cursos de especialização em agroecologia organizados pelo MST em parceria com Universidades Federais; cursos de licenciatura em ciências da natureza com Universidades Federais e Estaduais; no Instituto Latino-Americano de Agroecologia – IALA, em Sabaneta, estado de Barinas, na Venezuela; no IALA Guarany, no Paraguai, IALA Amazônico; no assentamento Zumbi dos Palmares, em Paraupebas, estado do Pará e na Escola Nacional de Agroecologia, no Equador. Participa da coordenação da Jornada de Agroecologia, no Paraná, desde 2001, que anualmente realiza evento de quatro dias com participação média de 4.000 (quatro mil) pessoas.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s